Uma rápida viagem culinária ao Japão.

Quem não gosta de comer? Eu sou daqueles que gosta de provar pratos diferentes sempre. E na viagem isso é elevado até a 10ª potência. Eu fico até perdido de tantas opções que eu tenho. Ano passado eu fiz uma viagem ao Japão e fiquei louco. Posso dizer que eu fiz várias viagens lá. Um delas é a culinária e você acompanha aqui um pouco.

Uma pequena viagem culinária ao Japão

Duas coisas que eu amo: comer e viajar. Um país que eu amo: o Japão. A combinação perfeita, uma viagem culinária. É claro que eu tentei experimentar quase tudo o que vi de diferente. Não foi fácil. O Japão não é um país barato. Tem a barreira linguística. E os japoneses preferem utilizar dinheiro ao invés de cartão.

Uma técnica que eu utilizava muito, mas não recomendo, é deixar de comer almoço e comer somente o jantar (claro, o café da manhã era caprichado), em algum lugar melhor. Assim a minha viagem não ficou tão cara quanto você imagina e em breve eu faço uma planilha de custos.

Máquinas de bebida.

A primeira coisa que você pode se dar conta no Japão é a existência de milhares de máquinas de bebidas em todo o país. As vezes você encontra elas em várias esquinas seguidas. A variedade de sucos, refrigerantes e bebidas é muito grande, como você pode ver na foto abaixo. Aliás, é uma comodidade tão grande que mesmo em regiões mais afastadas, como em alguns montes e até na entrada de templos, você pode encontrar essas máquinas e se refrescar. Eu achei o máximo, e quase sempre que eu encontrava uma, tinha alguma bebida que eu não conhecia.

DSC00715

As bebidas que eu mais gostei foi o Calpis, que tem gosto de Yakult, e os cafés com leite, chá verde com  leite e cappuccinos em lata. Algumas máquinas também vendem cerveja, e outras vendem cigarros também. Existem alguns lugares que tem máquinas também de sorvete, feita na hora.

CAM00811
O refrigerante de uva também era um dos meus favoritos.

Chá verde.

Os japoneses adoram os sabores de chá verde. Tem bolinhos, sorvete, chocolates, sucos com sabor, e até salgadinhos. E sabe que depois de algum tempo eu comecei a gostar?

CAM00745
Esse bolinho de chá verde é uma das minhas primeiras lembranças do Japão.

CAM00787
Sorvete de chá verde na entrada do templo Eikan-Do, em Kyoto. O sabor não agrada no começo mas depois você imagina onde esteve todo esse tempo que não provou isto?

Café da Manhã & Café

O café da manhã japonês é muito influenciado pelo americano. Por isso você costuma encontrar nas cidades grandes torradas ou pão besuntado com manteiga, bacon e também salada.

CAM00770
Esse foi o primeiro café da manhã que eu tomei. Ovos, Ketchup, Pão meio torrado com manteiga, Presunto. Salada.

 

As bebidas do café da manhã quase sempre são chá, com ou sem leite, mas o café também é bastante apreciado. O uso de taipoca (pobá) ou gelatina também é constante para diferenciar a bebida. O de baixo é o do Ko Hi Kan de Tokyo.

CAM00771
Cappuccino com gelatina.

Bônus: Nesse mesmo café eu comi um bolo de Tiramisu muito bom. É doce. Mas não tão doce quanto os desserts brasileiros. O Ko Hi Kan é uma rede que tem em diversas cidades japonesas.

CAM00772
Bolinho de Tiramisu japonês
CAM00841
Já este café da manhã tinha mais cara de ocidentalizado.
CAM00846
Café da Manhã na cidade de Mito. Provei o Affogato e pela primeira vez na minha vida, suco de tomate. Era um buffet, incluso na diária, então eu tinha que aproveitar!

 

Em hospedagens mais tradicionais e cidades menores eles servem arroz, chá e peixe como café da manhã. Eu fiquei em Ryokan e fui agraciado:

DSC00401
Café da manhã em um Ryokan. Eles servem arroz e peixe, além de várias conservas e sopa.

No Japão também é moda os famosos café com gatos:

CAM00838

CAM00840

Refeições principais

Já estou começando a salivar por que só de ver isso já me dá fome. As refeições principais são diversas. Aqui eu coloco algumas um pouco mais diferentes do que o que você conhece.

Em um Ryokan (hospedagem tradicional):

 

CAM00754
Até hoje eu não sei metade das coisas que eu comi naquele jantar em um Ryokan. Só sei que tinha conservas, peixe, arroz, sashimi, tofu, e um tempurá de uma erva que tinha alguns espinhos. Repetiria? Com certeza.

 

CAM00817
O primeiro jantar foi Frango Teriyaki. Não pode faltar Missoshiru. Adoro.
CAM00843
Udon e arroz em Nara.
CAM00823
Refeição vegetariana em Arashayama. É uma espécie de macarrão de nata de tofu, e várioas conservas e espetos. Repetiria? Com certeza.
CAM00848
Frango com Shimei no restaurante de um hostel em Tokyo.
CAM00857
Mix de Sashimi com ovas. São 15 tipos diferenes de peixe. Viciante. Em Tokyo.
DSC01856
Massa ocidental com um estilo bem japonês. Algas e noodles. E chá vermelho.
DSC02076
Em uma das últimas noite eu resolvi que tinha de comer Sashimi. E nunca comi nenhum igual. Os peixes no Japão são muito mais saborosos!

 

Bebidas

Os japoneses gostam muito de cerveja, e já passou o Sakê na preferência nacional. Mas aqui eu vou chamar atenção para outra bebida – o Shochu, um destilado feito de arroz, batata doce ou cevada. No caso tomei um de batata doce, acompanhado de umeboshi:

CAM00816

DSC01426
Em Hiroshima você pode encontrar a Hiroshima Cola! Ao fundo, um cervo. Foto tirada na ilha de Miyajima.
CAM00847
Sakê com laranja e refrigerante.

 

Bentô

É comum comprar bentô (marmita em tradução bem desfocada) para comer em casa, viajar em trens ou até comer em restaurante.

CAM00844
Esse Bentô foi minha salvação na viagem de Hiroshima até Tokyo.
DSC02268
Só me decepcionei um pouco com o Bentô do Robot Restaurant em Tokyo.

Doces:

Os japoneses tem uma variedade muito grande de doces, alguns bem diferentes do que vocês imaginam. Infelizmente eu não pude provar muitos. A minha viagem não me permitiu ficar muito tempo em um só lugar. Por isso eu vou chamar a atenção para os doces com chá verde (que você já viu lá em cima), e outros como o sorvete de Gengibre. Em Hiroshima, tem um sorvete, que na verdade é quase um petit gateau, de batata doce: é sorvete gelado e um “bolinho” de batata doce bem quente.

DSC01448
Sorvete de batata doce. 350 ienes!

Também se destacam os doces e bolos enfeitados. Os japoneses são mestres nesta arte. Esse bolo mesmo abaixo eu nem comi. Fiquei com dó de comprar e desfazer. Hoje eu não teria misericórdia:

 

  DSC02065

Gostou? Quer saber um pouco mais sobre a minha viagem ao Japão? É só clicar na guia no menu. Alguns posts precisam ser atualizados (por que troquei o sistema do blog e a formatação deu pau), mas a informação tá toda lá!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.