A vida é muito curta para combinar um par de meia. E para deixar de viajar.

Tempo? Tempo se arranja para quase tudo. Oportunidades? Oportunidades são poucas. Oportunidades são quase elementos da física quântica – elas aparecem e desaparecem de forma desordenada e em situações imprevisíveis. Mas elas estão lá. Com tantas coisas para fazer, você vai perder tempo combinando um par de meias?

A vida é muito curta para combinar um par de meia. E para deixar de viajar.

joseph-gordon-levitt-1-435

A imagem de capa é dos pés do ator Joseph Gordon-Levitt (aquele que provavelmente pode ser o futuro Robin dos cinemas). O motivo de eu ter colocado essa foto é especial – o ator faz uma homenagem ao seu falecido irmão, que sempre utilizava meias que não combinavam o par.

Vamos aos fatos- eu quase sempre sigo este ditado, e de uma forma muito indireta. Eu esqueço de combinar as meias e ou simplesmente não tenho tempo. Já cheguei a usar Sapatos de cores diferentes inclusive, um marrom e um preto, por pura distração.

Com tanta coisa para fazer, tantas oportunidades, é fácil reparar: nós doamos muito do nosso tempo pensando e agindo de uma forma que nos tornemos aceitáveis para a Sociedade.

Não estou dizendo que “faça tudo ao contrário do que lhe pedem”, afinal, algumas convenções tem explicação e facilitam deveras a nossa vida. Outras são simplesmente comportamentos repetidos ao léu.

Como comer de garfo e faca. Um restaurante, tudo bem. Vão te servir, é praxe, é prático e se desviar, tem gente que reclama. Em casa, é realmente necessário? Estou dando um exemplo bobo, pelo qual você vai apenas perder alguns segundos da sua vida lavando um talher ou dois a mais, mas certamente você entende a metáfora – perdemos um tempo muito precioso com coisas que não nos importam e para impressionar e agradar pessoas que nós não gostamos.

Quantas vezes eu já não sai com as meias descombinadas, e ninguém, absolutamente ninguém reparou? E ainda assim, somos capazes de perder um tempão, as vezes meia hora antes de trabalhar, simplesmente para achar o par correto da meia. Ah, agora você me entendeu. E certamente se identificou – isso acontece com muita gente.

Viajar – Arranjamos tempo. Mas o Brasileiro acha que é coisa de vagabundo.

shoes

Salvo raras exceções, se quisermos, nós arranjamos tempo para viajar e conhecer lugares diferentes. Mais uma vez, basta querermos.

Em geral, no Brasil, há uma grande relação entre viajar = ser rico ou viajar = não fazer nada. Em outras palavras = viajar = ficar de pernas pro ar. Ser um vida boa. Por isso as pessoas quase sempre estão loucas para visitar mas não estão dispostas a pagar o risco de isso ser “espalhado” no trabalho.

Candidato número 1, você marcou uma folga para que?

1 – Para visitar a família (concedido)

2 – Para ir ao médico (concedido)

3 – Para resolver problemas burocráticos (concedido).

4 – Para viajar e aproveitar meu tempo livre (desculpa, vou precisar de você, mas logo as suas “férias” estão aí. )

Infelizmente, aqui há uma cultura de trabalhar muito ou querer parecer que trabalha muito. Então, se você sai no horário e aproveita os seus fins de semana para viajar, é capaz, muito capaz, e já aconteceu com amigos, de dizerem que você é um tremendo vida boa, mesmo que isso custe por mês menos do que o Iphone que o colega invejoso comprou.

Arranjar dinheiro já é outra história.

_

“Eu viajei, mas”

A ponto de nós termos o costume de sempre colocar uma ressalva quando a gente viaja. Como se tivessemos que explicar a nossa conduta de simplesmente querer viajar e aproveitar o nosso tempo livre.

“Eu viajei, mas foi de classe econômica (a maioria de nós vai na classe econômica).”

“Férias merecidas” Por que senão a pessoa acha que você está de boa, então tem que dizer que trabalhou muito.

“Eu precisava descansar” – Por que nós sempre temos que justificar que era necessário, ao invés de obrigatório.

“É mais barato do que você pensa” – Isso nem sempre é verdade, mas é uma ressalva porque senão vão pensar que tem dinheiro “sobrando”.

 

Boa Páscoa e Feliz Natal!

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.