Filmes de viagem

Minhas resenhas sobre alguns filmes, a maioria relacionados à viagem.

 

  • Interestelar – A melhor combinação entre a ciência, as emoções e o desconhecido.
    Quando eu criei este blog, não tinha pretensão sobre cinema, embora esta seja uma de minhas  (muitas) paixões. Não é que não tivesse vontade de escrever do tema, mas não me satisfaz escrever apenas uma vez e nunca mais.
    Mudei de opinião depois que vi Interestelar (Christopher e Jonathan Nolan, 2014).
  • Resenha do filme Livre (Wild)
    Interrompendo um pouco os posts de viagem, e aproveitando para anunciar que vou criar um blog exclusivamente para falar de trips, mochilao e coisas conexas, vou falar de cinema. Mas o que tem a ver cinema com este assunto? Ora, tudo a ver, a começar, ambos trazem inspiração. E em segundo lugar, que tal um filme sobre uma viagem?
  • Resenha – Birdman
    Descobri e tredescobri o que já sabia a duras penas. Quando a inspiração bate é uma oportunidade. Você tem que escrever, se não, vai embora. Voa. E voar me lembra Birdman, o filme que estreou hoje e acabei de assistir.
  • Filmes de viagem – Nuremberg

    Nuremberg é filme americano do ano 2000, estrelado por Alec Baldwin, Brian Cox e Jill Hennessy, com um total de quase três horas. Conta a história de como foi pensado, orquestrado e executado o Tribunal de Nuremberg, que tinha como objetivo punir as lideranças nazistas pelos crimes de guerra, crimes contra a paz e crimes contra a humanidade. Falar mais do que isso eu conto a história do filme e estrago a experiência de muita gente.

    Qual a relação do filme com viagens?

  • O mito do viajante solitário e a morte

    Quem sabe quem é Alexander Supetramp, quem já viu o filme "Na Natureza Selvagem", deve entender um pouco sobre o que eu estou falando e a crítica que eu vou fazer. Sobre a eterna moldura encantadora de uma viagem arriscada, sobre as páginas de um diário interminado e sobre o charme de abandonar a vida em uma sociedade corrupta se esconde a morte.